Avenida da histórica abandada é a energia, e dá emprego a ocorrência de uma pandemia, Só Boas Notícias

Infinu, na W3, 506 Sul - Fotos: Andre PerottoInfinu, na W3, 506 Sul – Fotos: Luis Perotto

No que se refere à Brasília, em a maioria dos brasileiros acredita que o Eixo Monumental, via que conduz à Esplanada dos Ministérios e a Praça dos Três Poderes do governo. Poucos sabem que a W3 Sul, um bairro histórico, já que foi palco de um desfile de carnaval, que também se encontra nos melhores restaurantes e lojas da cidade.

Se bem que nos últimos anos, na W3 Sul foi esvaziado. A avenida se transformou em cenário de que o graffiti e o abandono. O comércio foi prejudicado, várias lojas e restaurantes que fecharam alguns dos históricos e os dias de glória ficaram só na memória.

A boa notícia é que, em meio à epidemia da Covid-19 e o governo de Brasília e da iniciativa privada, que se uniram com o objetivo de reforçar o W3-Sul. O objetivo é dar aos postos de trabalho, com o conceito de “low-touch econômico”, para fornecer ao consumidor e à experiência com a tecnologia e a inovação.

As últimas novidades

As novidades que já foram iniciados. O primeiro conjunto que foi reforçado nas quadras de 510 512 do Sul, que já foram entregues. Depois que as pistas 508 e 510 no processo. E para o final do ano, com a promessa é para corrigir a avenida da malha.

E já se pode ver o encanto do rosto da modernidade, na rua 506 Sul, onde se encontra uma comunidade criativa na convocatória Infinu o nome, o que significa que as plantas que curam.

O projeto foi abraçado a idéia de que a reabilitação e começou a impulsionar uma nova etapa da avenida, restaurantes, lojas, escritórios, lojas e locais de convivência.

“O Infinu que já está trabalhando apenas para a tomada de saída e a prestação de serviços “, disse ele em uma entrevista com o SóNoticiaBoa, Miguel Martinez, um dos parceiros, e também o nome do Projeto, PicNiK, que desde há anos leva para as artes, a cultura e a informação, até a morte.

“Estamos num dos 4 restaurantes, 4 lojas de roupas de grife, 8 escritórios, 4 e tatuadoras, de 24 de produtores, em nossa loja de conveniência, de 36 anos de empreendedores criativos em nossa loja da cooperativa, além de um par mais de 20 funcionários, todos os dias, e no espaço. De Todos eles, de alguma forma, ligados à história da Subatômicas”, disse Miguel.

No beco de passagem que nos leva para a avenida os blocos de casas na 506 Sul, funciona como uma loja de camisetaria Verdurão dos restaurantes da zona, como Sua Mãe, Antonieta de las nieves, e Comedoria da Temporada, junto com uma cerveja no mundo, e os artesãos locais, que ganharam um espaço de destaque.

Muito em breve, ao entrar no edifício, o visitante também terá um Mercadinho de Colaboração, para a compra de frutas, as verduras, os legumes e os frios dos produtores da zona.

No porão de uma loja em colaboração com os produtos das diferentes criativos, vai dividir uma sala com uma mesa, que nos convidam para um bate-papo.

Na parte de cima, com 8 quartos vão abrigar os empresários de diferentes setores.

Haverá também um espaço dedicado aos tatuagens e um terraço no último piso, um espaço em que seja possível para o aluguel, com a visão do belo pôr do sol e da paz.

Como

“O que fizemos foi por sua própria conta, e que, graças ao programa” Adota uma Cidade, uma espécie de parceria entre os setores público e privado, que permite aos empresários locais para “pegar” as áreas mais próximas à de seu comércio, e recuperar os recursos próprios de todo o espaço público próximo a nossa empresa, que estava abandonada na criação de um diferencial de mercado”.

A transformação, que exigiu um investimento de quase Us$ 50 mil, dos empresários, que só no preço.

“O que fizemos aqui, na 506 Sul, a captura de um oco, abandonado, que amedrontava o público em geral, especialmente o das mulheres, e mais tarde das 17 h e, de fato, na Praça dos Avós, muito brilhante, decorado com mobiliário de bicicletários, com várias plantas, internet, acesso wi-fi gratuito e televisão de…a criação de um ponto em que a comunidade vizinha, você pode desfrutar durante a sua estadia e, é claro, e fornece um ponto de contacto e de saúde com a empresa.

Agora que estão na espera da manipulação de outras empresas que sejam capazes de terra na W3 Sul.

“Duas das principais academias, deve ser a partir das pistas 508 e 509 do Sul”, disse Miguel Martínez.

Recentemente, além da Infinu, dois dos espaços novos que abriram O Mercado do Café, que é o antigo Mercado da cidade, em 510 Sul, na sede da Sicool Executivo, o 510 Sul e o Centro de Russo, que foi totalmente restaurado no peugeot 508 do Sul”, disse Miguel.

A recuperação

O projecto de reabilitação da avenida, iniciou-se no ano de 2019, pela atual gestão do Governo do Distrito Federal, em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Suíço), e da Câmara de Dirigentes de Lojistas (CDL).

A proposta de remodelação da W3 Sul, e em 2 Sul, em uma rua paralela, com respeito à história e à proteção da cidade.

O projeto contempla a reorganização das praças, parques e jardins e a arborização, a revitalização das ruas, entre os blocos, a recuperação e a troca do piso das calçadas, com a mudança da iluminação e a pintura da sinalização.

Os carros são proibidos na avenida, e aos sábados, de 14 às 22 horas, para a livre circulação de pessoas.

Os comerciantes se comprometeram a reforma e com o fim de padronizar as fachadas das lojas.

Tudo indica que, em suma, para os turistas e os residentes podem viver o resto dos dias de glória da nova avenida”, projetada pelo arquiteto Lúcio Costa, no final da década de 1950.

ontent/uploads/2020/07/w3-sul-rua-e1593640737980.jpg” alt=”Avenida W3-Sul – Foto: Jornal de Brasília” width=”600″ height=”398″ />Avenida W3-Sul – Foto: reprodução / Jornal de Brasília, Pichações e calçada quebrada na W3-Sul - Foto: Andre Perottoo Graffiti e o paseo de la quebrada, na W3-Sul – Foto: Luis Perotto Infinu/506 Sul - Foto: Andre PerottoInfinu/506 Sul da Foto: Alberto Perotto

Por Rinaldo de Oliveira, da redação da SóNotíciaBoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *