Corpo, vírus e outros materiais de cobre, que matam covid às 4 horas, Só Boas Notícias

Foto: reprodução Daily MailFoto: reprodução no jornal britânico Daily Mail

Os puxadores, trilhos e no seu carrinho de compras deve estar revestido de cobre, para evitar a propagação do coronavírus, disse que é um importante cientista britânico.

William Keevil, um ensino superior da Universidade de Oxford, foi avisado de que a infecção pode sobreviver e continuar contagiosa, de aço e de plástico, por três dias, mas o coronavírus se descarta que em apenas quatro horas de cobre, devido às propriedades antibacterianas do metal, segundo informou o jornal britânico Daily Mail.

Portanto, o estudo sugere que a adoção de cobre no transporte público e, inclusive, dos equipamentos de saúde, para que sejam revestidos de metal.

O Motivo de

Quando o coronavírus que atinge o cobre, e os íons metálicos em átomos carregados eletricamente – afetam a membrana lipídica do vírus da estrutura que o protege.

O cobre, então se chega a uma célula, que destrói o DNA de um vírus, e você morre.

O professor William Keevil, disse ao Times que, nos ônibus, na Polônia, já que estão equipados com corrimão de ourivesaria em cobre.

Recordou-Se, além disso, que os aeroportos no norte do Chile, no Brasil e nos quiosques da imigração, estão recobertos de metal.

Disse que algumas das cobertores – e cheias de bactérias e outros germes infecciosos – já foram cumpridos os pesos e de equipamentos, o cobre dos Estados Unidos da américa.

O professor Keevil que estuda os efeitos dos agentes antimicrobianos do cobre, desde há mais de duas décadas, e disse que nas telas e nos restaurantes de comida rápida, caixas eletrônicos, também podem se beneficiar deste metal.

Um estudo realizado nos estados UNIDOS, em novembro do ano passado, verificou-se que as camas de hospital do cobre nas unidades de cuidados intensivos, banhadas com uma média de 95% das bactérias das camas de internamento convencional.

Com informações de Daily Mail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *