O desafio une os jovens para alimentar a mais de 10 milhões de brasileiros da epidemia, Só Boas Notícias

Iara e Eduardo no Desafio 10x10 - Foto: reproduçãoJulian Eduardo, o Desafio 10×10 – Foto: reprodução

Os jogos dos Bons Exemplos dos parceiros do SóNotíciaBoa, lançou um desafio para o sublime: alimentar a mais de 10 milhões de brasileiros da epidemia! E você, também, pode ajudar a mobilizar seus amigos para lutar contra a fome e para fazer o bem.

O Desafio das 10×10, em que uma gincana virtual, o que coloca os jovens como protagonistas de uma mudança de comportamento e atitude diante desse pano de fundo característico da COVID-19.

Para a angariação de fundos, com o Desafio de 10 x 10 nos eua, com a idéia de que os jogos cooperativos para a promoção de uma das principais ações dos nacionais de luta contra a fome, com o apoio das organizações não-governamentais, os artistas, os fatores de influência da iniciativa privada.

“O projeto que se quer convidar a participar milhões de pessoas até o dia 22 de julho”, explica Julian Eduardo, dos Caçadores e dos Bons Exemplos, a SóNotíciaBoa.

A idéia de

A ideia é usar o poder de trabalhar em equipe e da rede de contatos de cada um que aceita o desafio. Portanto, a grande gincana vai levar a internet e a obtenção de todo o mundo.

Os fundos arrecadados serão destinados, em sua totalidade, as cestas básicas digitais, os quais são distribuídos em três meses, para que as famílias cadastradas.

Estas cestas são dadas a liberdade para que eles possam comprar alimentos e produtos de limpeza em suas regiões de origem, e, embora se possam reforçar o comércio e as necessidades da comunidade.

Como participar

Você pode acessar a gincana do bem, das três formas (ou todas!):

  • A difusão de contribuição para a página do desafio das redes sociais. Seguir o Instagram (@desafio_10x10), personaliza a tua foto de perfil, compartilhe nossas publicações. Faça com que o número Desafio10x10 que chegue a todo o mundo que a conhece!
  • Com a doação de: Música, vídeo, jogos, obras de arte de rua… e O brasileiro, que é movido por suas paixões. Qual é o teu? Em nossa gincana de impostos que você pode doar em nome da mesma. Todos os valores que serão destinados para as famílias que precisam do nosso apoio.
  • Levando um prêmio: desfrutar de seu povo, sua família, seus colegas de trabalho, seus amigos, todo mundo. Mobilizar toda a rede, para doar para a causa! Para “coopetir” na gincana.

A concorrência

Com a Geração de a a Z, com o Desafio de 10×10, começa uma competição aberta entre os jovens, e a sensação de fome, já que as redes sociais como seu principal aliado.

Além disso, inclui-se o fortalecimento das celebridades, artistas, jogadores, atletas, religiosos, das organizações e das empresas, que também está demonstrando que a iniciativa de sua rede de seguidores, clientes e seguidores desta gincana do bem.

“É um movimento a favor da Argentina, com o que os brasileiros têm o melhor, isto é, a criatividade e a capacidade de prestação de serviços em favor dos outros”, diz Edgard Garcia, designer e empreendedor social, em nome do concurso.

E fazer parte de uma iniciativa que é uma questão de “honra”.

“Não tinha muito sentido, e as pessoas a sair de algo tão grande e poderoso que é assim. Nos Dedicamos a nossa vida, e para que falar de pessoas que fazem o bem, que o que dá a sua vida para transformar nosso país. Nós apoiamos fortemente o impacto do trabalho de nossas redes pessoais e o poder que cada um tem que dar o melhor para ajudar na construção de um mundo melhor. No meio da pandemia, nos deparamos com um monte de gente está disposta a ajudar as pessoas que não deixava de olhar para a sua esposa como uma opção”, conta Juliano Eduardo.

Parceiros

A realização de um desafio que tem sido possível graças à união de forças entre as instituições da Doare – encarregado da organização da coleta de doações em linha com o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP), através do Centro de Excelência, e com a Fome do Brasil, responsável pela coordenação e a mobilização dos atores e das ações da logística das organizações; que se somam os esforços para assegurar que as famílias e as organizações não-governamentais da CUFA (Central Única de favelas), ChildFund e a geração de África, o direito a receber as doações, que, com caráter de urgência e de forma organizada.

Arte da campanha - Foto: reproduçãoA Arte da campanha da Foto: reprodução da Arte da campanha - Foto: reproduçãoArte e da campanha da Foto: reprodução

Por Rinaldo de Oliveira, da redação da SóNotíciaBoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *