O Hospital celebra a última alta dos pacientes com covid, Só Boas Notícias

Foto: reprodução G1Foto: reprodução G1

A última alta médica do Hospital Santa Marcelina, na zona leste de São Paulo, brasil, foi realizado com aplausos, nesta sexta-feira, 29 anos.

O paciente, no número 1000 da auxiliar de enfermagem, Carmelita da encarnação, de 48 anos de idade, que ficou oito dias internada na unidade de cuidados intensivos, Unidade de cuidados Intensivos.

O profissional de linha de frente, e ela se tiver contaminado, enquanto que ajudar a salvar vidas no trabalho.

No momento da alta, no corredor do hospital, o Carmelo, segurando um cartaz com a frase: eu venci o covid, e que tem sido elogiada por seus colegas de trabalho, os profissionais de saúde.

“Com muita alegria. um monte dele. Não vejo a hora de sair daqui e voltar a abraçar a minha filha, o de chamar a minha tia do coração, o que eu quero”.

A equipe de

O pessoal de saúde é comemorado em toda a sua altura, o que tem o hospital, mas esta é especial por ser a última.

“A gente está muito grata, feliz, e com uma motivação a mais, no meio desta epidemia, que afeta a totalidade da população. E a gente fica feliz de contribuir e ajudar a essas pessoas”, disse o dr. Marlon de Souza, da Heterogeneidade.

No bairro de Itaquera, é o segundo mais grave da Zona norte. Lá, 139 pessoas foram mortas, atrás apenas de Sapopemba, na Zona Leste de São Paulo, no brasil.

Em todos esses lugares, muitos moradores que ainda não aderiram ao uso de máscaras para poder sair de casa.

Com informações da Banda e o G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *