O menino dá o dinheiro do cofrinho para ajudar hospitais covid, Só Boas Notícias

Foto: Arquivo PessoalFoto: Arquivo Pessoal

A empatia, a generosidade e a solidariedade de uma criança, um menino brasileiro que estão movido na região. Maria Krein, a partir de 10 anos, abriu o cofrinho dele, e lhes deu tudo o que tinha no Hospital de São José, em Buenos aires, na Região do Vale do Taquari, no estado do Rio Grande do Sul.

A criança se salvou 337 reais para a compra de blocos de Lego, o que ele gosta, mas ele decidiu usar o dinheiro para ajudar em casa, de que se ocupa dos pacientes com covid.

Maria deu um envelope, foi concebido com uma máscara e um álcool em gel, você vai colocar o nome da mesma, pelo valor de us$337,50 e o levaram para o hospital, com o consentimento da família.

Por que? Maria disse a seus pais que ela também pode ser que precise de atenção.

A idéia de

A professora Magda Rockenbach, a mãe do menino, disse que Matias pediu permissão a ela, a fim de doar o dinheiro do cofrinho, depois que ela ouviu a família para falar sobre a importância da doação.

Isso, disse que o menino ficou pensativo, e no dia seguinte, tomou-se a decisão.

Matias disse-me que gostaria de doar o dinheiro a ele, porque eu já tinha bastante com Lego, e é isso ajude, disse a tia dela, Marjana Rockembach, que é o da enfermeira.

A gratidão

O diretor de Recursos Financeiros e Materiais do hospital, Niúra Rodriges da Silva, deu as graças à generosidade do jovem, e lhe disse o que qualquer ajuda é muito importante.

Buenos aires tem, até agora, com 22 casos confirmados de covid, de acordo com a Secretaria de estado de Saúde.

Em proporção, a cidade tem uma das taxas de covid maior do estado, acima dos de Porto Alegre, brasil, e buenos aires, que está entre os cinco municípios com o maior dos casos, no estado do Rio Grande do Sul.

Com o dinheiro de Maria será utilizado no hospital e para a compra de equipamentos para a proteção dos profissionais de saúde.

Com informações do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *