O professor e ex-coletor, cria-se o aparelho económicos a estudantes de baixa renda que estudam, Só Boas Notícias

Ciswal e o Hytec One Foto: Arquivo PessoalCiswal e Hytec One, Foto: Arquivo Pessoal

Professor e ex-catador de latinhas e o brasileiro, que havia estudado na universidade de Harvard, desenvolveu um sistema operativo, barato e de pouco mais de us$ 20 para ajudar os estudantes de baixa renda, e ao pesquisar na web com esta pandemia.

Ciswal dos Santos, de 31 anos, foi batizado com o dispositivo electrónico de HYTEC One”, que quer dizer “Olá!, a tecnologia”.

Em uma entrevista concedida à SóNoticiaBoa, Ciswal explicou que não se trata de um equipamento que, segundo alguns meios de comunicação estão divulgando.

“É um excelente sistema operacional, os arquivos executáveis. A ideia é que os alunos possam ter acesso à sala de Aula, para ver a vídeo-aula, um vídeo de Youtube, a leitura de um arquivo em formato PDF e Word), uma folha de cálculo, um arquivo Excel, que o professor transmite. O site é voltado para a educação, para que os estudantes tenham acesso a um ambiente de classe, de escrever e de publicar seu trabalho, e com este aparelho, ligado a uma TV ou a qualquer outra coisa. Não lhe convém à empresa. Portanto, é incorreto dizer que se trata de um computador”, disse.

Nascido em palmares, na bolívia Ciswal também é o autor de um projeto de geração de energia sustentável, a extração de água e o acesso à internet a baixo custo, por isso que o SóNotícia mostrou que, em janeiro deste ano. É a primeira vez que falamos dele, foi no ano 2018, quando o brasileiro foi estudar na universidade de Harvard.

A idéia de

Ciswal, ocorreu-lhe a idéia de criar um sistema operativo, por causa do isolamento social provocado pela emergência de uma pandemia de Covid-19. Ele estava preocupado com o fato de que os alunos têm de assistir a aula de forma remota, enquanto que muitos deles não têm acesso a um computador.

“É um time que hoje em dia é um preço muito alto. A falta de acessibilidade que me deixa inquieto desde tenra idade”, disse a o país-o salvador.

Foi então que decidiu-se criar um computador que rodasse de programas básicos, tais como o leitor de meios de comunicação, e a criação de textos, planilhas e apresentações.

Os Componentes de

Com apenas 22 reais, Ciswal criou um dispositivo eletrônico com as partições e o uso de um cartão de memória SD, como um disco rígido de um computador.

A memória principal está na conta do google drive na nuvem (cloud). O dispositivo tem a capacidade de receber o sinal do wi-fi gratuito e mede cerca de três centímetros.

O dispositivo pode levar no bolso, mas sem a necessidade de uma tela, seja a TELEVISÃO ou o telefone celular, para poder ter acesso ao sistema operacional Windows, que permite o acesso à internet e programas como Word, PowerPoint e Excel.

No entanto, isso é temporário, já que Ciswal está desenvolvendo seu próprio sistema operacional, o que você acha que deveria estar pronto em um prazo de quatro meses.

“Vai ser um sistema de fácil acesso para os idosos, as crianças, para os que não têm ideia de informática. Será muito instrutivo”, opina o professor.

A Patente

Ciswal, disse o SóNotíciaBoa que se patenteando o produto.

Ele recebeu uma proposta de um grupo de homens de negócios em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos e que desejam investir em uma idéia, e levar o telefone no continente africano.

“Minha intenção era a de que se popularizasse o primeiro no peru. Morria de vontade de que os governos, seja federal, estadual, municipal e no que não importa o que seja, investissem. Eu sou partidário da necessidade das pessoas. Morria de vontade de que alguns deles pudesse levar. Dar acesso aos jovens e às condições de estudo. Para o que não está passando pelo que eu passei”, afirma.

No Caso de não aparecer ninguém que esteja interessado no desenvolvimento do projeto, na Argentina, mais uma vez, Ciswal deve pôr em prática no estrangeiro, como aconteceu com o projeto, o que o levou a estudar na universidade de Harvard, que está se desenvolvendo em vários países do mundo.

“No entanto, o mais importante é a do Nordeste do brasil. Eu vou trabalhar em benefício da população daqui”, disse.

A história

Nascido em palmares (pe), Ciswal mudou-se para Juazeiro do Norte, na adolescência, quando seu pai, o professor, ele foi levado para a Serra na parte superior (parlamento europeu).

Com uma família que se dedica o Pai de marco túlio Cícero, que optaram por ficar na terra dos sacerdotes. Após a separação dos pais, as dificuldades que surgiram. Sua mãe ganhava um salário De r$ 15 para a limpeza da casa.

O valor foi para o jovem, que se mantenha na escola, e para manter a casa e, por isso, resolveu-se trabalhar no mercado da entrega da feira da bicicleta.

Quando entrou na universidade, e antes de completar os 16 anos de idade, o professor teve que procurar no lixo é a solução para que o seu sonho de continuar estudando. Esse foi o momento em que Ciswal decidiu mundo latinhas para a lixeira. O quilo de material que era De r$ 2. Em um fim de semana, podia-se três quilos e meio. Não Era o que se havia negado a pagar fotocópias, apostilas, livros e outros.

A informática e a inspiração que você precisa

Antes da chegada no aeroporto de Juazeiro do Norte, no Ciswal lembre-se que, quando tinha oito anos de idade, que queria muito fazer um curso de informática.

“Pedi muito ao meu pai, mas o valor do curso na era da feira da gente”, acrescentou. As condições financeiras de sua família o enviou para estudar a escrever.

“Quando estava por terminar o HYTEC Um, lembrei-me deste episódio. E se, nesse momento, um Ciswal tivesse existido, ou que o governo vai dar isso, o que ia fazer agora? São as coisas que fazem com que a gente tenha boas relações com os outros”, conclui.

lugins/wp-fastest-cache-premium/pro/images/blank.gif” class=”size-full wp-image-136960″ data-wpfc-original-src=”https://d281e75zdqqlon.cloudfront.net/wp-content/uploads/2020/07/hytec-one_professor.jpg” alt=”Ou protótipo foi desenvolvido com apenas R$ 22. Foto: Arquivo Pessoal” width=”600″ height=”420″ data-wpfc-original-srcset=”https://d281e75zdqqlon.cloudfront.net/wp-content/uploads/2020/07/hytec-one_professor.jpg 600w, https://d281e75zdqqlon.cloudfront.net/wp-content/uploads/2020/07/hytec-one_professor-263×184.jpg 263w, https://d281e75zdqqlon.cloudfront.net/wp-content/uploads/2020/07/hytec-one_professor-547×383.jpg 547w, https://d281e75zdqqlon.cloudfront.net/wp-content/uploads/2020/07/hytec-one_professor-171×120.jpg 171w” size=”max-width: 600px) 100vw, 600px” />O protótipo foi desenvolvido com apenas Us$ 22. Foto: Arquivo Pessoal

Por Rinaldo de Oliveira, da redação da SóNotíciaBoa com a informação da elhores professor e ex-catador de latinhas-cria-pc-com-apenas-r-22-1.2961565″>o país-o salvador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *