Ouvir implica, pela 1ª vez o comando da fábrica da Fiat na Argentina, Só Boas Notícias

Juliana Coelho - Foto: Divulgação/FiatJuliana, O Coelho Foto: Divulgação/Fiat

A 1ª vez que uma mulher ocupa o cargo de fábrica da FCA (free carrier) Fiat e Chrysler na América Latina e no caribe.

A engenharia de pernambuco Juliana, o Coelho, assumiu esta semana o chamado Pólo da indústria Automobilística no Jipe, em Goiás, Brasil.

A fábrica, inaugurada no ano de 2015, e está considerada como uma das mais modernas instalações da FCA (free carrier) em todo o mundo e ocorre nas empresas de serviços públicos-desportivos, os comandantes e os Tesouros da Jipe, picape Fiat Touro.

Beatriz substituído pelo engenheiro italiano Pierluigi Astorino, de 38 anos de idade, que assumiu o cargo de diretor de produção do grupo da América Latina e o caribe.

Revolucionário institucional (Pri)meiro computador

A jovem engenheira civil, fez parte do primeiro time de futebol dos trabalhadores da Jeep e, desde então, está-se construindo uma carreira ascendente dentro da empresa.

Tem exercido os cargos de supervisor e o chefe da área de pintura, e o gerente da indústria de montagem de veículos.

Mais recentemente, dirigiu-se à zona de VLM, e é o responsável de novos desenvolvimentos da indústria transformadora da América Latina, na planta de Betim, Minas Gerais, brasil.

“Eu cresci com o DNA de um Jipe, e a experiência no Vehicle Linha de Fabricação e de que me deu a oportunidade de conhecer melhor a região da América Latina e de adquirir uma bagagem muito interessante para esta nova etapa”, disse Juliana. “Estou muito feliz de estrear no novo ciclo da FCA (free carrier), que é um desafio, e eu gosto de desafios”.

De acordo com a FCA (free carrier), Pelayo, tem se destacado por seu conhecimento técnico e a capacidade de liderança de equipes.

Agora, que tem a missão de dar continuidade ao trabalho de aprimoramento da produção do Jipe, que no ano de 2019 obteve a certificação Silver do World Class Manufacturing, que se torna a planta da qual se chegou a este nível, no menor tempo possível e da operação na América Latina e no caribe.

“Vamos continuar a evoluir, dando ênfase no desenvolvimento de produtos, melhoria contínua dos processos e o investimento em nossa gente, que, sem dúvida, uma das principais vantagens da Jeep”, chegou à conclusão de engenharia.

Com informações da agência efe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *