Universidade de são paulo, e em Inglês, encontram-se entre os primeiros da América Latina no ranking internacional Só de Boas Notícias

Foto: divulgaçãoFoto: divulgação

Na Universidade de buenos aires, universidade de são paulo, que é a segunda melhor universidade, e, em seguida, na Universidade de Campinas (Unicamp), no ranking internacional, divulgado nesta terça-feira, 7.

Elaborado pela Times Higher Education, THE Latin american University Rankings, avalia 166 instituições de 13 países da América Latina e o caribe.

A posição que se repete no ranking do ano passado, os três primeiros lugares ficaram da Pontifícia Universidade Católica do Chile, em primeiro lugar, seguida da universidade de são paulo e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Em uma das 10 melhores universidades no país que lidera com um total de sete entidades valorizadas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), além da universidade de são paulo e da Unicamp (brasil).

A classificação foi relatado que, durante o Fórum latino-americano, promovido pela que neste ano ocorreu de forma virtual. No evento, que reuniu os líderes das instituições de ensino superior da região, para discutir sobre o papel das universidades na ocorrência de uma pandemia de covid o 19 e o impacto do ser humano no futuro.

THE classificou para o ano de 2020, 166 das universidades de 13 países da América Latina e o caribe.

Os critérios adotados são os mesmos que os aplicados no ranking mundial de ” THE “, mas com modificações para refletir melhor as características dos centros de ensino superior da região.

São considerados os 13 indicadores-chave de desempenho, no prazo de cinco áreas: a) educação (ambiente de aprendizagem), a investigação em volume, receita e da reputação; a citação da influência da pesquisa); perspectiva internacional, os funcionários, os alunos e a investigação), e os lucros da indústria de transferência de conhecimento.

Espanha é o país com o maior número de universidades avaliadas: 61 no total), seguido pelo Chile, com mais de 30 integrantes.

Veja o ranking:

Foto: divulgaçãoFoto: divulgação

Com informações da revista da universidade de são paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *