Universitária, e gravação de vídeo em movimento: uma homenagem a seu pai em casa, Só Boas Notícias

Brenda e o pai, Waldinei - Fotos: reprodução / FacebookA Brenda e a seu pai, Waldinei – o que te parece? / Facebook

A gratidão, o amor e o orgulho do pai. A universitária, Brenda Carvalho Furtado, gravou um vídeo emocionante homenagem ao seu pai, que é um vendedor ambulante, e faz de tudo para que sua filha possa terminar seus estudos.

No vídeo postado nas redes sociais, e tirou as lágrimas de mais de um, por gratidão de sua filha, e o desejo de dar uma vida melhor a seu pai, tão logo se forme.

Em uma entrevista concedida à SóNotíciaBoa, Brenda, lhe contou que seu pai, Waldinei de Santa Brígida, de roubo, de 55 anos de idade, ele acorda pela manhã, para a venda de produtos na rua, como a água, o algodão de açúcar e álcool em gel.

“Ele é o pai e é-lhe concedida a pensão de minha mãe, mas ela não foi a venda das coisas nas ruas, já que eu vim para cá e aqui, as despesas são altas”, disse.

O dinheiro que recebe pelas vendas de seu Waldinei envia para ajudar os gastos da universidade de Brenda.

No vídeo

O vídeo da filha de sua conta a saga do pai:

Ele acorda às 4 da manhã para vender a água da amostra. Vende algodão doce. Chegou à emergência de uma pandemia, e que não sabia o que fazer, mandar o dinheiro que me paga as coisas da faculdade, aluguer de bicicletas, energia, através da internet. Quando menos esperava, recebi esta foto. De tudo isso, meu pai começou a venda de álcool em gel”, diz a Brenda no vídeo.

Ela diz que, no trabalho, em sua Waldinei tomou coronavírus, e também não foi deixado de ajudar a sua filha.

“Meu pai ficou doente, e tomou coronavírus, que quase perde a visão. Dias depois de recuperado de meu pai, e voltou para a rua para vender”.

E com a voz embargada, Brenda, que termina o vídeo, portanto:

“Tenho a esperança de que se possa devolver tudo o que se está fazendo por mim”.

Na história da

Brenda é uma de Belém do Pará, no brasil, e está estudando Ciência da atividade física há mais de 3 anos de idade, da Universidade Federal do Maranhão, no departamento de chapadinha, em que mais de 800 km de distância do hotel. Esta é a primeira de sua família a fazer um curso da universidade.

Ela tem 29 anos de idade, sai de casa pela manhã e a noite chegou e, é claro, estudando e ensinando, como parte do estágio em que se faz em uma escola pública do estado.

“Pela manhã, eu estou em um grupo de pesquisa e pela tarde eu tenho classe. Às vezes, sair às 9, às 10 da noite.

A fim de evitar que o pai de desgaste, portanto, Brenda, disse que há com pequenas vendas e rifas para arrecadar algum dinheiro em seu tempo livre.

O sonho de seu pai

O estudante que chega ao seu fim com a universidade para o ano que vem, e me disse que quer cumprir o seu sonho de toda a família, a saber:

“Tenho a esperança de terminar os meus estudos e conseguir um bom posto de trabalho para, juntos, construir a sua própria casa, que se encontra em uma situação crítica. Neste sonho, o nosso, que era a de minha mãe, mas ela não chegou a ver”, disse.

Brenda quer ganhar a vida dando aulas de:

“Eu quero continuar no emprego, e quero ser professora da mesma, promotora de pessoas que outras pessoas acreditem que são capazes de fazer. Para mim, a educação é o ponto de partida”, concluiu.

Veja o vídeo

View this post no Instagram

Universitária, e gravação de vídeo em movimento: uma homenagem a seu pai, andando ❤️💙🖤💛💜💚👏🏼 a Gratidão, o amor e o orgulho do pai. A universitária, Brenda Carvalho Furtado, gravou um vídeo emocionante homenagem ao seu pai, que é um vendedor ambulante, e faz de tudo para que sua filha possa terminar seus estudos. No vídeo postado nas redes sociais, e tirou as lágrimas de mais de um, por gratidão de sua filha, e o desejo de dar uma vida melhor a seu pai, tão logo se forme. Em uma entrevista concedida à SóNotíciaBoa, Brenda, lhe contou que seu pai, Waldinei de Santa Brígida, de roubo, de 55 anos de idade, ele acorda pela manhã, para a venda de produtos na rua, como a água, o algodão de açúcar e álcool em gel. “Ele é o pai e é-lhe concedida a pensão de minha mãe, mas ela não foi a venda das coisas nas ruas, já que eu vim para cá e aqui, as despesas são altas”, disse. O dinheiro que você recebe na rua, em sua Waldinei envia para ajudar os gastos da universidade de Brenda. No vídeo, o vídeo da filha de sua conta na saga, o pai de Brenda é uma de Belém do Pará, no brasil, e está estudando Ciência da atividade física há mais de 3 anos de idade, da Universidade Federal do Maranhão, no departamento de chapadinha, em que mais de 800 km de distância do hotel. Esta é a primeira de sua família a fazer um curso da universidade. Ela tem 29 anos de idade, sai de casa pela manhã e a noite chegou e, é claro, estudando e ensinando, como parte do estágio em que se faz em uma escola pública do estado. A fim de evitar que o pai de desgaste, portanto, Brenda, disse que há com pequenas vendas e rifas para arrecadar algum dinheiro em seu tempo livre. Ela vai acabar o colégio para o ano que vem, e que desejam ampliar e remodelar a casa de seu pai. O artigo completo está no SoNoticiaBoa.com.br 🎥 @Brenoinha1002 #sonoticiaboa #goodnews #pai #gratidão #filha #pai #azul #a domicílio

O post é compartilhado por Apenas a Notícia da GoodNews-Portugal) (@sonoticiaboa) on Jun 16, em 2020, at 12:45 pm PDT

Por Rinaldo de Oliveira, da redação da SóNotíciaBoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *